Notícias

Profissionais da Educação Infantil participam de sessão formativa para construção do Currículo Municipal Destaque

  • Escrito por  Departamento de Comunicação

Profissionais de educação participaram, na noite desta segunda-feira (09/08), da 2ª sessão formativa para a construção do Currículo da Educação de Hortolândia. Com mediação do educador e sociólogo César Callegari, o encontro remoto e online recebeu a Prof.ª Rita Coelho, coordenadora da equipe de avaliação da Educação Infantil no Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação, da UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora). A convidada falou sobre “A BNCC (Base Nacional Comum Curricular): os direitos de aprendizagem e os campos de experiência”, com foco na Educação Infantil. A ação beneficia mais de 26 mil alunos da Educação Infantil, do Ensino Fundamental e da EJA (Educação de Jovens e Adultos), matriculados na rede municipal de Educação.

A abertura do evento on-line contou com a presença da secretária-adjunta, Roberta Morais Diniz, que agradeceu o trabalho dos profissionais e ressaltou a importância da participação de todos na construção do currículo próprio. Ainda na abertura, o Prof. César Callegari convidou para a fala inicial a Prof. Sonia Larrubia, que deu as boas-vindas aos profissionais da Educação Infantil e falou um pouco sobre as sessões formativas que serão destaque no processo de elaboração do documento norteador da educação.

Rita Coelho iniciou a discussão sobre o tema fazendo uma reflexão sobre a construção da Base Nacional Comum Curricular. A convidada retomou algumas das principais questões a respeito da aplicação da BNCC na Educação Infantil, falou também dos desafios dos profissionais em sala de aula e da importância de pensar o currículo, levando em conta as vivências e os direitos fundamentais dos alunos. Ao final do encontro, respondeu dúvidas e perguntas dos participantes por meio do chat do evento.

“É importante a compreensão de que as crianças têm direitos de aprender e esses direitos são formadores da identidade da criança. São esses direitos de aprender a conviver, a brincar, a participar, a expressar, a explorar e a conhecer-se, que precisam orientar a construção do currículo”, ressaltou a convidada.

A criação do currículo próprio para a rede municipal é parte integrante da proposta da educação, na atual gestão: "Hortolândia, território de saberes: a educação como conceito de integralidade". A partir das experiências e dos saberes, a ideia é construir uma rede ativa e participativa para a educação no município. O encontro desta segunda-feira está disponível através do link: https://www.youtube.com/secretariadeeducacaocienciaetecnologiahortolandia.

O Currículo Hortolândia 

Para garantir a participação de todos os profissionais da educação, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia, agora conta com um espaço virtual exclusivo para a construção do currículo próprio dentro do Portal Educação na Rede, o “Currículo de Hortolândia”. A ferramenta acolherá todas as contribuições de professores, educadores, coordenadores, entre outros profissionais, através do envio de documentos, participação de fóruns de discussões do ciclo formativo.

Dentro do espaço virtual é também possível acompanhar o calendário dos ciclos formativos, obter material de apoio e submeter relatórios coletivos e/ou individuais que receberão certificação de até 30 horas. Para acessar, clique no link: https://portaleducacao.hortolandia.sp.gov.br/index.php/curriculo-hortolandia.

ACESSE AQUI SUAS ATIVIDADES DO ANTIGO BLOG DE 2020

     

Entrar